Geografia e Meio Ambiente


Em termos geográficos, o Araripe permite a observação de todas as fases da evolução do continente sul-americano e, por esse motivo, é utilizado como laboratório pedagógico nos cursos de geologia de várias universidades. O Araripe inclui dois espaços diversos:

- a bacia sedimentar, constituída por uma zona longilínea, alta, que forma o topo da Chapada, e uma zona baixa, mais limitada, no sopé das encostas desta Chapada, mais ampla do lado do Ceará;
- os sertões, em volta da bacia, e que incluem: ao norte, parte da depressão sertaneja setentrional; ao sul, parte da depressão sertaneja meridional; a oeste, parte do complexo Ibiapaba.

A Área de Proteção Ambiental (APA) Chapada do Araripe, com 10.000km², está localizada no espaço da bacia. A natureza sedimentar de seu subsolo torna o Araripe um grande reservatório de água (aqüíferos), origem de numerosas fontes em sua vertente norte, o Cariri cearense.

Em termos ambientais, o Araripe é um espaço contrastado, formado por três tipos de território:

- a Área de Proteção Ambiental (APA), ao centro, com uma vegetação mais abundante e que inclui a Floresta Nacional do Araripe (FLONA);
- áreas extensas no entorno da APA, semi-áridas e que passam, devido à pressão antrópica, por um processo de degradação (desertificação parcial);
- áreas urbanas, em processo de “modernização” (calçamento, redes de esgoto, estações de depuração etc.).

Deixe uma resposta

  • logo5 logo5
  • logo6 logo6
  • logo4 logo4
  • logo3 logo3
  • logo2 logo2
  • logo1 logo1
  • logo7 logo7


2014 Fundação para o Desenvolvimento Sustentável do Araripe
(88) 3523 1605 - E-mail:fundacaoararipe@yahoo.com.br
Rua Leandro Bezerra, 338 - Centro - CEP: 63.100-090 - Crato - CE - Brasil