Fundação Araripe, IICA e JBS desenvolvem ações de convivência com a COVID-19


Conceição das Crioulas, comunidade quilombola de Salgueiro/PE, participou da iniciativa.

Essa estratégia é pioneira e incentiva as práticas socioambientais trazendo alivio ao impacto negativo da pandemia.

A Fundação para o Desenvolvimento Sustentável do Araripe, em parceria com o Instituto Interamericano de Cooperação Agrícola -IICA Brasil, através do Programa  “Alimento para Todos” e do Programa “Fazer o Bem Faz Bem – Alimentando o Mundo com Solidariedade” da JBS colocaram em pratica ações de convivência com a COVID-19, que utilizou estratégia pioneira, unindo  sustentabilidade e alivio ao impacto negativo da pandemia.

Para execução desse projeto foram selecionadas famílias de agricultores, em situação de vulnerabilidade, inseridas no sertão nordestino, para receberem 1.000 cartões de alimentação, no valor de R$ 100,00. Os cartões foram doados pela empresa JBS durante a campanha “Alimento para Todos”, capitaneada pelo IICA,  que reuniu artistas de vários países da América Latina e do Caribe em homenagem aos trabalhadores da cadeia da área de alimentos, que não pararam de trabalhar durante a pandemia de Covid-19, evitando o desabastecimento.

O diferencial dessa doação foi um dos critérios de seleção, pois para serem contempladas essas comunidades se comprometeram a apoiar iniciativas socioambientais em curso, voltadas ao uso sustentável e conservação da Caatinga, e dessa forma promover ações de combate à desertificação.

Dessa forma tanto o IICA como a JBS, não se limitaram a fazer chegar às comunidades o alimento, mas incentivaram e reconheceram os esforços dessas famílias em implementar iniciativas socioambientais que estão promovendo segurança alimentar, hídrica, e ainda conservam as paisagens das Caatingas,  sua biodiversidade, os serviços ecossistêmicos e o combate a desertificação, além da confecção de 584 máscaras.

Segundo Patrícia Campello, secretária-geral da Fundação Araripe as entregas foram feitas não apenas como doação, mas como reconhecimento aos esforços que essas famílias realizam em iniciativas. “Essas comunidades  promovem segurança alimentar, hídrica e a conservação das paisagens da Caatinga, além da sua biodiversidade e dos  serviços ecossistêmicos que combatem a desertificação”, completou.

Cada Comunidade assinou um Termo de Parceria, descrevendo a iniciativa de apoio realizada entre a Comunidade e a Fundação Araripe visando apoiar ações socioambientais durante a pandemia da COVID-19, voltadas a sustentabilidade do bioma caatinga.

Foram atendidas comunidades dos Estados da Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco e Piauí distribuídas da seguinte forma.

1 – Irauçuba/CE – Comunidade Agricultores Familiares – Mandacaru: as 200 Famílias contempladas, participam das ações para o fortalecimento da Casa de Sementes. Dessa forma, o compromisso é assegurar os alimentos para o futuro com uma agricultura de baixo impacto com as práticas de conservação de solo e água que foram difundidas pelo IICA nas ações com o Mercosul para o combate a desertificação.

2 – Crato/CE – Comunidade Indígena Kariri – as 80 Famílias contempladas estão envolvidas em ações de proteção hídricas, na base da Chapada do Araripe, realizando ações para recuperação das nascentes e olhos d’água e realizando práticas de renques de pedras e barragens de pedra seca em arco romano deitado.

3 – Crato/CE – Comunidade Extrativista Baixa do Maracujá – as 45 famílias contempladas participam de iniciativas para o uso sustentável da biodiversidade por meio de coletas seletivas e práticas agrícolas de baixo impacto.

4 – Jardim/CE – Comunidade Extrativista Novo Horizonte – as 40 famílias contempladas estão envolvidas nas ações para o extrativismo sustentável e repovoamento do Pequi na APA – Chapada do Araripe.

5 – Barbalha/CE – Comunidade Extrativista das Macaúbas – as 45 famílias contempladas participam das ações para o extrativismo e beneficiamento sustentável do Coco Babaçu na região do Cariri.

6 – Salgueiro/PE – Comunidade Quilombola Conceição das Crioulas – as 150 famílias contempladas, estão envolvidas nas ações de implantação das hortas coletivas para a segurança alimentar e no uso sustentável da Caatinga para coleta do umbu e do caroá e no pastejo dos rebanhos. Conceição das Crioulas também foi responsável pela confecção de 584 máscaras no valor de R$ 2.334,50 apoiadas pelo IICA para serem distribuídas junto a equipamentos públicos de apoio social como escolas rurais e abrigos.

7 – Paqueta/PI – Comunidade Quilombola Custaneira - as 55 famílias contempladas realizam ações de manejo silvopastoril e a conservação da raça Curraleira como forma de assegurar o potencial forrageiro da Caatinga, além de participarem do extrativismo sustentável da palha da Carnaúba.

8 – Monte Santo/BA – Comunidades Fundo de Pasto da Escola Família Agrícola do Sertão – EFASE – as 350 famílias estão envolvidas nas ações para fortalecer a um projetos pedagógico para a implantação de Unidades Produtivas coletivas de produção nas áreas de: Horticultura, Avicultura e Apicultura nas comunidades rurais, envolvendo as famílias dos estudantes, que estão organizadas para dividir as tarefas de instalação e manejo das unidades na forma de rodízio, possibilitando assim o isolamento social necessário neste período. A produção obtida será dividida entre as famílias e será criado um fundo de reserva para a manutenção geral de cada unidade produtiva.

A EFASE seus professores e técnicos realizarão as orientações de forma virtual, envolvendo os estudantes na implantação e manutenção destas unidades produtivas e na promoção do uso sustentável dos recursos florestais da Caatinga, promovendo ações estruturantes voltadas a segurança alimentar e a sustentabilidade do bioma Caatinga nas comunidades rurais.

9 – Nova Olinda/CE – 15 Famílias agricultoras carentes que participam e apoiam ações de conservação e uso sustentável na APA Chapada do Araripe.

10 – Lagoa Seca/PB – 15 Famílias agricultoras carentes que participam e apoiam ações de conservação e uso sustentável na Serra da Borborema.

 

Deixe uma resposta

  • logo5 logo5
  • logo6 logo6
  • logo4 logo4
  • logo3 logo3
  • logo2 logo2
  • logo1 logo1
  • logo7 logo7


2014 Fundação para o Desenvolvimento Sustentável do Araripe
(88) 3523 1605 - E-mail:fundacaoararipe@yahoo.com.br
Rua Leandro Bezerra, 338 - Centro - CEP: 63.100-090 - Crato - CE - Brasil